HISTORIAL RESUMIDO DA IDPMI PORTUGUESA

TODOS TEMOS UMA HISTÓRIA - CONHEÇA A NOSSA!

"(...) E depois disto designou O Senhor ainda outros setenta, e mandou-os diante da sua face, de dois em dois, a todas as cidades e lugares aonde Ele havia de ir. E dizia-lhes: grande é na verdade a seara, mas os obreiros são poucos, rogai pois ao Senhor da seara que envie obreiros para a sua seara. Ide, eis que vos mando como cordeiros ao meio de lobos. (...)” 

Lucas 10:1-3

“(...) Então disse eu: eis-me aqui, envia-me a mim. (...)”
Isaías 6:8

     


ORIGENS
TERÇA-FEIRA, 30 DE JUNHO DE 1964

Foi no mês de Junho de 1964 que Deus chamou os dois jovens cristãos: Avelino Faria Fernandes e Mário da Conceição Godinho. Avelino era membro da Convenção da Assembleia de Deus de Lisboa, pastoreada pelo Pastor Alfredo Rosendo Machado, e Mário era membro da Assembleia dos Irmãos de Algés, pastoreada pelos Pastores José Martins da Costa e Fernando Resina de Almeida.

Avelino Faria Fernandes era hóspede na casa dos pais de Mário da Conceição Godinho, na Rua Policarpo Anjos, 29 — r/chão esquerdo, em Cruz Quebrada, Lisboa. Deus falou directamente a esses dois jovens e enviou-os para começarem um trabalho evangelistico de casa em casa, na pequena aldeia de Nafarros na freguesia de Colares, no concelho de Sintra. Aproximadamente uns 40 klms. a noroeste de Lisboa.

Aos domingos esses dois jovens apanhavam o comboio às 5:00 horas da manhã na estação da Cruz Quebrada em direcção ao Cais do Sodré. Do Cais do Sodré caminhavam em direcção à Estação de Comboios no Rossio onde apanhavam o comboio para Sintra. Uma vez chegados a Sintra, caminhavam em direcção ao Carrascal e do Carrascal a Nafarros, onde chegavam por volta das 10:00 horas da manhã.

Começavam com o trabalho evangelistico de casa em casa. Vivia nessa aldeia uma família cristã que pertencia à Assembleia dos Irmãos. Eram a Sra. Deolinda e as suas duas filhas. Ela emprestava-nos o seu palheiro para ali celebrar Culto a Deus. Umas horas antes as suas duas filhas limpavam o palheiro, colocavam umas pedras num lado e no outro lado do palheiro, colocavam-se umas tábuas encima das pedras e assim fazíamos os lugares para as pessoas se poderem sentar. Foi assim que ali naquele humilde e simples lugar começou a Igreja de Deus Pentecostal. Embora houvessem muito poucas pessoas, o Culto era iniciado às 15:30 horas mas não levou muito tempo que a casa se encheu. Almas sedentas da Palavra de Deus, vinham aquele lugar humilde ouvir a poderosa mensagem da Salvação.

Deus começou a confirmar a sua Palavra através de sinais, prodígios e maravilhas. Almas eram salvas, curadas e libertadas pelo Poder de Deus. No mês de Outubro desse mesmo ano, os Missionários Gordon e Jacqueline Emmens, representantes da Igreja de Deus Pentecostal sediada em Joplin, Missouri nos Estados Unidos da América, guiados por uma visão de Deus, apareceram naquele lugar. Deus enviou estes seus servos na hora certa, pois precisamente nessa altura, pois Avelino Faria Fernandes e Mário da Conceição Godinho estavam a passar por uma prova muito forte. Proliferavam acusações e perseguições provenientes de alguns líderes religiosos que diziam que tudo quanto estava a acontecer tinha origem diabólica e não Divina.

O Missionário Gordon Emmens juntamente com Avelino Faria Fernandes foram falar com o Pastor da Assembleia de Deus, Alfredo Rosendo Machado. O referido Pastor aceitou muito bem a situação, chegando a dizer que se era essa a vontade de Deus, o Avelino começar o seu Ministério dentro da Igreja de Deus Pentecostal, não se opunha, apesar de lamentar o facto de não existirem hipóteses de um dia ele vir a ser Pastor dentro da Assembleia de Deus, uma vez que Deus lhe deu um Ministério, que ele reconhecia não enquadrar com os princípios da Assembleia de Deus. Ao despedirem-se, o Pastor Alfredo Rosendo Machado orou por Avelino Faria Fernandes e o abençoou, prometendo-lhe amizade e disponibilidade para o ajudar em alguma coisa que ele viesse a necessitar.
No dia 30 de Novembro de 1964 foi inaugurada a 1.ª Casa de Oração no lugar de Nafarros, onde já havia um bom grupo de cristãos. No dia 8 de Dezembro de 1964 Avelino Faria Fernandes foi separado e consagrado ao Ministério como Ministro da Igreja de Deus Pentecostal. O Missionário Gordon Emmens formou uma Escola Bíblica na Rinchoa, Rio de Mouro, Sintra, da qual Mário da Conceição Godinho, Honorato Pinheiro e Avelino Faria Fernandes, foram os primeiros alunos internos.

Tanto a visão do Missionário Gordon Emmens como a de Mário da Conceição Godinho e Avelino Faria Fernandes era a de dar cumprimento à Grande Comissão, saindo por todos os lugares, levando a mensagem salvadora e libertadora de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, pois este foi um mandamento deixado por Jesus Cristo à sua Igreja: ir por todo o mundo, a aldeias, vilas e cidades, pregar o Evangelho a todas as gentes. (Marcos 16:15-20) Jesus também tinha prometido estar sempre com eles e cooperar com eles, confirmando a Palavra com os sinais que se seguiriam. Deus mostrou-lhes que havia uma grande obra a fazer no Mucifal, Sintra. Ali recomeçaram com um trabalho do Senhor. Tinha existido ali uma pequena Igreja cujo Pastor havia sido o Sr. Luís Paiva das Neves. Considerando o facto de não existirem ali frutos do trabalho, ele entregou o trabalho ao Pastor José Martins da Costa que por sua vez veio a entregar o trabalho à Igreja de Deus Pentecostal. O Apóstolo Paulo disse: «Uns plantam, outros regam, mas Deus dá o crescimento.» (1ª Corintios 3:6)

Ali no Mucifal, Deus começou a mover-se de uma forma poderosa. Almas sedentas da Palavra de Deus vierem de vários lugares, para ouvirem a Palavra de Deus e muitos sinais e prodígios foram feitos naquele lugar. Na Ericeira surgiram problemas e a Igreja dividiu-se. A Assembleia de Deus de Lisboa tomou conta de um grupo. Isidoro Pereira assumiu o Pastorado nas Igrejas da Ericeira e de Alvide, Cascais. O irmão António Luís de Barros assumiu o Pastorado na Igreja de Mafra.

Era a Secretaria Internacional da Igreja de Deus Pentecostal, sediada em Joplin, Missouri, Estados Unidos da América, que estava ajudando financeiramente para as rendas de casa das Casas de Oração, e para o sustento dos Pastores, através do seu representante em Portugal, o Missionário Gordon Emmens. Começaram a surgir problemas e Avelino Faria Fernandes viu-se obrigado a deixar de dedicar sem tempo integral à Obra de Deus e voltar à vida profissional. Visto ter ido trabalhar para Lisboa, não podia agora pastorear a Igreja no Mucifal.
  Anterior                              Seguinte